Qual o investimento inicial para montar um Coworking?

Voltar

Qual o investimento inicial para montar um Coworking?

O mundo do empreendimento ganhou, nos últimos anos, uma nova forma de investimento: montar um coworking. É inegável que o negócio surge como um atrativo para empreendedores que desejam administrar o próprio espaço a um custo relativamente abaixo do praticado na venda ou aluguel de imóveis.


Certamente que ter o controle da situação é muito bom. Quando uma pessoa vira dona do próprio negócio, o prazer em fazer o que se gosta é um fator que compensa bastante. Como um bom administrador, no entanto, é preciso que se saiba qual o ponto de partida para concretizar o investimento do coworking.

É impossível desenvolver e realizar um projeto sem uma prévia ideia daquilo que se tem em caixa. Lembre-se que há alguns detalhes imprescindíveis para quem deseja seguir o caminho dessa modalidade. Veja a seguir.

– Conter um valor em caixa é a mola propulsora de qualquer negócio. Então, é importante que você (e seu sócio, caso seja uma parceria) disponha de uma quantidade considerável. Afinal, o coworking não pode abrir do ‘nada’, além de estrear com funcionários próprios, prontos para dar o suporte operacional aos clientes;

– O serviço de internet também deve estar funcionando, o que gera investimento a fim de garantir o conforto dos usuários;

Verificar a viabilidade ao montar um Coworking

Para quem deseja abrir um coworking, a viabilidade do negócio deve estar na lista de prioridades, pois este é o momento propício para se verificar o fundamento do projeto. Para não haver dúvidas em relação aos valores a serem trabalhados, é indicado que se divida a receita em três etapas:

– Projeção da receita;
– Projeção de despesa por período;
– Projeção de lucro obtido.

Com os três itens citados acima, o investimento do coworking pode orientar o seu projeto e auxiliar-lhe com informações determinantes para o negócio.

Gostou?Clique aqui e fale conosco

Fique atualizado

Receba um conteúdo exclusivo da CWK diretamente no seu e-mail.

Deixe uma resposta

Assine nossa Newsletter