Voltar

Como analisar a viabilidade para montar um Coworking?

Quais são as variáveis a se considerar quando se planeja montar um escritório compartilhado

Quem nunca quis ter o seu próprio negócio? Arrisco dizer que a grande maioria das pessoas já teve essa idéia. Pode ser um comércio ou um serviço, a verdade é que ter o seu próprio negócio é muito bom! A liberdade de horário, a liberdade de gerenciar do seu jeito, o orgulho de vender o seu produto te da uma sensação muito gostosa e com o Coworking não é diferente.

Arrisco dizer que administrar um Coworking é mais prazeroso que muitos outros negócios, a baixa complexidade operacional é evidente e ele te da liberdade de tempo que muitos outros negócios não irão te proporcionar. E obviamente, tenho que mencionar que após a consolidação do negócio, o lucro esperado são 25% ao mês.

O Coworking e a crise econômica no Brasil

financial-crisis-544944_1920 Compartilhar um espaço de trabalho tende a ser uma solução para as empresas as quais a crise econômica no brasil tem dificultado a continuidade. Ou mesmo o escritório virtual, modalidade em que o cliente não trabalha fisicamente no Coworking, pode ser uma solução para quem quer empreender sem investimento inicial. Em nosso post Qual estratégia para enfrentar a crise financeira atual abordamos um pouco mais sobre o assunto.

Certamente que o networking é um grande impulsionador dos negócios de quem está trabalhando num Coworking pois a possibilidade de geração de negócios entre as pessoas que dividem o mesmo lugar é alta e realmente acontece.

O ESTUDO DA VIABILIDADE: O QUE É E COMO FUNCIONA?

 O estudo da viabilidade é sempre a primeira etapa do projeto para abertura de um Coworking e ela tem muito haver com números. Antes de desenvolver a estratégia comercial, a estratégia de marketing, as políticas internas, os valores e etc, eu recomendo fazer um estudo simples de viabilidade econômico-financeira do negócio. Depois que o estudo estiver pronto e a conclusão for positiva, recomendo que seja desenvolvido o modelo de negócios do seu Coworking.

As etapas do estudo:

Um estudo simples de viabilidade econômica deve conter:

  • Projeções de receita,
  • Projeções de despesa,
  • Projeções de lucro

Essas projeções devem estar dentro de um fluxo de tempo mensal. Uma simples DRE não consegue projetar os números para se tomar alguma decisão. O resultado final do seu estudo tem que ser uma planilha de fluxo de caixa mensal com as projeções detalhadas para minimizar os erros e maximizar os acertos. Abaixo algumas dicas de como projetar a receita e despesa de seu Coworking:

  • Como projetar a receita para 36 meses de operação:

Um estudo deve conter uma projeção de receita para pelo menos 36 meses de operação. Como obter essa informação? Fazendo pesquisa de mercado. Quanto os coworkings da sua região cobram? Eu sempre coloco um valor 10 a 15% menor nas minhas projeções pois nem sempre o que está na tabela de preço é o praticado no mercado. O próximo item a pensar e como será o crescimento dessa receita. Obviamente que existe uma sazonalidade mas o Coworking ainda é tão novo no Brasil que eu não arriscaria afirmar que a sazonalidade já está definida nesse mercado. O crescimento sempre é maior no início e depois tende a estabilizar. Não se esqueça que você vai ter cancelamentos também então é importante computa-los no seu estudo.

Uma dica importante é que nunca um Coworking vai se manter com 100% de ocupação, então cuidado para não colocar sua receita com 100% de ocupação porque essa situação, se acontecer, é atípica. Outro ponto muito importante é considerar o seu mix de produtos nesse estudo. Quais são os produtos que seu Coworking vai vender?

  • Como projetar a despesa para 36 meses de operação:

Assim como a receita, a despesa também tem que ser projetada para 36 meses de operação. Quais sãoBlog 2 essas despesas? Os custos fixos de um Coworking são iguais os custos de uma empresa normal: internet, aluguel, energia, pessoal e etc. Ou seja, não é difícil especificar os custos que um Coworking terá ao longo de sua operação. Uma dica interessante é você visitar espaços de Coworkings e reparar em termos de despesa o que aquele espaço tem e você não considerou na sua planilha.

É importante você considerar que sua despesa vai crescer ao longo do tempo assim como sua receita então não deixe a sua despesa fixa por 36 meses pois isso não vai acontecer.

Conclusões:

Importante salientar que esse estudo isoladamente vai te dar um norte para tomar a decisão inicial de abrir ou não um Coworking. No entanto, os seus objetivos como empreendedor devem ser considerados também.

Já recebi tantos contatos de pessoas querendo montar um Coworking e cada um deles possui um objetivo pessoal diferente com o negócio então a análise individual de cada pessoa é o mais importante em todo o processo.

Em nosso post sobre analise swot você pode baixar algumas preciosas dicas que damos para montar a sua análise estratégica e tomar mais decisões sobre a viabilidade do seu Coworking.

Como a CWK Coworking pode te ajudar nesse processo:

Desde 2013 que formatamos nosso modelo de negócios para expandirmos através de franquias. Somos atualmente 4 unidades, sendo uma unidade própria e 3 unidades franqueadas.

Nesse ano de 2015 recebemos muitos contatos de pessoas que já possuem imóvel pronto e mobiliado ou ainda de coworkings que precisam alavancar suas vendas. Com essa demanda desenvolvemos uma pequena consultoria para montagem de coworkings que pode ser contratada por módulos. Caso seja esse seu interesse, entre em contato conosco no botão abaixo que teremos o prazer em ajuda-lo.

Gostou? Clique aqui e entre em contato conosco

Bruna Lofego

Bruna Lofego é administradora, formada pela UNA, com 15 anos de experiência em administração de empresas e 12 em empreendedorismo. Cursou especialização em marketing digital na ESPM e pós graduação em Marketing na UNA. Há cinco anos fundou a CWK Coworking, em expansão por todo o Brasil e se especializou na terceirização de serviços operacionais. É autora do Blog da CWK em que aborda a gestão de um espaço de coworking e empreendedorismo em geral.

Veja outros posts do autor

Fique atualizado

Receba um conteúdo exclusivo da CWK diretamente no seu e-mail.


Uma resposta para “Como analisar a viabilidade para montar um Coworking?”

  1. […] já dizemos anteriormente, esse é o formato padrão de coworking, em que você pode contratar uma estação de trabalho em ambiente compartilhado com outros […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter