Voltar

Como o Coworking pode te ajudar a montar um novo negócio

Ser dono do próprio negócio é geralmente uma decisão muito difícil. Hoje, iremos dar algumas dicas e mostrar como o Coworking pode te ajudar nessa decisão.

Primeiramente, sem ter uma ideia não adianta montar um negócio. Mesmo que você queira seguir uma profissão comum, é importante formatar uma ideia a respeito. Formatá-la, significa determinar alguns pontos que podem ser definidos com algumas perguntas básicas:

– Qual produto/serviço você vai vender?
– Pra quem você vai vender?
– Como você vai fazer para vendê-lo?

Depois que esses três itens estão bem claros, é hora de planejar o seu negócio. Como fazer acontecer? Quase todas as pessoas defendem a opinião de que é necessário fazer um plano de negócios. O plano de negócios nada mais é que colocar no papel como o seu negócio vai funcionar, desde a produção do produto até o pós-venda do mesmo. Num outro momento, iremos dar algumas dicas de como elaborar um plano de negócios funcional e simples.

Hoje, abordaremos como o Coworking pode ajudar na estruturação de um novo negócio. Primeiramente, em relação à estrutura física, um Coworking pode ser muito útil tanto para quem já tem capital estruturado, como para quem não tem. Se o empreendedor não possui capital para estruturar seu próprio ambiente, no escritório compartilhado ele já vai encontrar tudo pronto: mesas, cadeiras, aparelho telefônico, banheiros, café e água, sala de reunião, internet e etc. Toda a estrutura já está lá, pronta para uso, basta levar o seu computador, sentar e trabalhar.

A principal vantagem é não desembolsar um valor inicial de aluguel de sala, mobília, estrutura de telefonia, copa, reforma e etc. Se o empreendedor já possui capital para estruturar seu negócio, o Coworking continua sendo um aliado importante no início,pois todo o valor que seria investido em estrutura pode ser revertido em capital de giro, por exemplo. Além disso, se seu negócio já possui a Matriz em outro lugar, o Coworking é uma alternativa interessante como forma de expansão.

Do ponto de vista de serviços, uma estrutura compartilhada completa pode oferecer diversos serviços para ajudar no início da empresa. Não será necessário, por exemplo, contratar mão de obra inicial de telefonista, recepcionista e motoboy, pois o escritório compartilhado já possui esses serviços. Se sua empresa ainda não saiu do papel, também é oferecido assessoria contábil e jurídica e, em alguns casos, até consultoria operacional de marca, papelaria, redes sociais e etc. Obviamente, que não são todos os Coworkings que oferecem esses serviços. Estamos nos baseando em empresas que, como, a CWK Coworking, possuem um ambiente corporativo com serviços completos de infraestrutura operacional.

Finalmente, o networking e a oportunidade de novos negócios são a característica que talvez seja essencial para escolher um ambiente de Coworking como local para iniciar um negócio ou colocar uma ideia em prática. Quando se está trabalhando no mesmo ambiente, as pessoas tendem a ficar mais comunicativas, a troca de ideias e interesses acontece naturalmente no dia à dia e daíi, obviamente, vem a oportunidade de fazer novos negócios. O papel do escritório compartilhado, nesse caso, é bem mais sutil do que em relação à infraestrutura e os serviços, pois deve-se estimular o ambiente para networking sem fazer disso o objetivo do Coworking. Todos esses relatos são escritos com base nos dois anos de vivência e atuação de nossa empresa, uma vez que os objetivos e definições de cada Coworking parecem ser muito diferentes, dependendo muito do estilo de cada um!

Bruna Lofego

Bruna Lofego é administradora, formada pela UNA, com 15 anos de experiência em administração de empresas e 12 em empreendedorismo. Cursou especialização em marketing digital na ESPM e pós graduação em Marketing na UNA. Há cinco anos fundou a CWK Coworking, em expansão por todo o Brasil e se especializou na terceirização de serviços operacionais. É autora do Blog da CWK em que aborda a gestão de um espaço de coworking e empreendedorismo em geral.

Veja outros posts do autor

Fique atualizado

Receba um conteúdo exclusivo da CWK diretamente no seu e-mail.


Uma resposta para “Como o Coworking pode te ajudar a montar um novo negócio”

  1. […] é um coach, e precisa atender clientes duas vezes na semana em um espaço que ofereça uma boa infraestrutura e credibilidade. Compensa pagar uma mensalidade absurda de um estabelecimento comercial? Não […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter