Voltar

Ter ou não um sócio no seu negócio (prós e contras)

Abrir um negócio com um sócio tem muitos benefícios. Afinal, é bom ter alguém para compartilhar as muitas responsabilidades de gestão de uma empresa, concorda? Mas as parcerias podem, assim como começarem bem, rapidamente terminarem mal, se você não tiver um bom planejamento.

Tal como acontece com outras considerações de um negócio, a sociedade podem ser uma coisa boa ou ruim dependendo das circunstâncias envolvidas.

Alguns possíveis prós:

  • Custos de inicialização compartilhados.
  • Partilha de responsabilidades e trabalho.
  • Compartilhamento de riscos e despesas do negócio.
  • Habilidades complementares e contatos de cada sócio ajudam a obter melhores resultados financeiros em conjunto.handshake-526408_1920
  • Apoio e motivação mútuos.
    ——————————————————————————-

Alguns possíveis contras:

  • Se o seu sócio sair do negócio, por exemplo, você vai ser responsável por todas as dívidas, e não apenas parte delas.
  • Lucros compartilhados.
  • Você não tem controle total do negócio, porque as decisões são compartilhadas, e as diferenças de opiniões podem levar a desentendimentos.
  • Muitas amizades não sobrevivem a uma sociedade. ——————————————————————————————————

Antes de entrar em uma sociedade, você deve primeiro determinar se vai estar ou não trabalhando com o melhor parceiro. Em caso negativo, analise detalhadamente potenciais outros parceiros de negócios, para escolher um sócio adequado ao que você almeja.

Pense bem!

Se você sempre preferiu fazer as coisas sozinho, esteja ciente de que quanto melhor você trabalha para si mesmo, tomando decisões sem consultar ninguém, mais difícil pode ser para conseguir compartilhar tomadmoney-40603_1280a de decisões com um sócio.

Há também uma chance de que o seu sócio da empresa pode não se dedicar tanto ao negócio quanto você, mas vai querer os mesmos lucros. Se você tem um baixo nível de tolerância a isso, trabalhar em sociedade pode não ser o melhor para você.

Quer uma dica?

Se você está considerando trabalhar em sociedade com alguém, envolva um advogado e um contador desde o início para ajudar a formar a sociedade e elaborar acordos legais. Cuide de office-227746_1280tudo como um relacionamento, por que assim como um bom casamento, você certamente quer que essa parceria de negócios dure para sempre (ou por muito tempo).

E você, tem alguma consideração positiva ou negativa sobre trabalhar com sócio? Conte suas experiências nos comentários!

Gostou? Clique aqui e fale conosco

Bruna Lofego

Bruna Lofego é administradora, formada pela UNA, com 15 anos de experiência em administração de empresas e 12 em empreendedorismo. Cursou especialização em marketing digital na ESPM e pós graduação em Marketing na UNA. Há cinco anos fundou a CWK Coworking, em expansão por todo o Brasil e se especializou na terceirização de serviços operacionais. É autora do Blog da CWK em que aborda a gestão de um espaço de coworking e empreendedorismo em geral.

Veja outros posts do autor

Fique atualizado

Receba um conteúdo exclusivo da CWK diretamente no seu e-mail.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter