Voltar

Coworking e Home Office: por que é melhor sair de casa para trabalhar

Uma dúvida comum entre os freelancers e profissionais liberais é: é melhor trabalhar em casa ou migrar para um coworking é uma solução mais interessante?

A primeira opção até parece mais confortável e econômica. Mas acredite: o home office tem um ambiente mais informal e possui uma infinidade de distrações (televisão, crianças e pets, afazeres domésticos, etc.) que podem influenciar negativamente na sua produtividade. Já pensou nisso?

No entanto, é por esses e outros motivos que você deve considerar o coworking como um investimento para sua carreira (e não um gasto).

 

3 razões para sair do home office e migrar seu negócio de vez para um coworking

 

Segundo o estudo Censo Coworking Brasil 2018, quase metade dos coworkers trabalhava em formato home office antes de migrar para um espaço compartilhado de trabalho. 

O que será que convenceu estas pessoas a tomarem tal atitude? Nós selecionamos algumas possíveis razões e trouxemos para você. Veja! 

 

1.Espaço adequado para realizar reuniões

 

Em primeiro lugar, imagine que você precisa marcar uma importante reunião com o cliente. Onde vai recebê-lo se você trabalhar home office? Além de todo o serviço de manutenção que você vai precisar fazer, ainda assim não é muito adequado recebê-lo na sala da sua casa. Concorda?

O coworking tem a solução! Esses espaços também possuem salas de reuniões com todos os recursos que você precisa para receber seu cliente.

 

LEIA TAMBÉM: Sair do home office: qual é o momento certo?

 

2.Oportunidade de networking

 

Um espaço coworking dá a oportunidade de fazer vários novos contatos, abrindo portas para novos negócios. Seja para encontrar um sócio, seja para descobrir o job perfeito no projeto de outros coworkers.

Inclusive, 33% dos coworkers entrevistados disseram que já foram contratados para um projeto por alguém que conheceu num escritório compartilhado. E 73% afirmam que já aprenderam algo novo com alguém que conheceu no coworking.

Os espaços compartilhados de trabalho geralmente possuem áreas de convivência. Dessa forma, é possível dar uma pausa para o café e conversar sobre projetos. Até mesmo receber insights incríveis sobre seu negócio, por exemplo.

 

3.Comece quando quiser, sem burocracia!

 

Quem já tentou alugar uma sala comercial sabe o quanto esse processo pode ser burocrático e moroso. Mas, nos escritórios compartilhados isso é bem diferente!

Com planos flexíveis e sem burocracia alguma, é bem provável que você consiga começar no coworking no mesmo dia em que visitar o local.

Então, por hoje é isso. Mas, se você ainda tem dúvidas sobre trabalhar em Coworking ou Home Office, não deixe de baixar o eBook “Como Saber se o Coworking é para Mim?”. Nesse material mostramos algumas perguntas simples que você deve responder para descobrir DEFINITIVAMENTE se o coworking é uma boa escolha para você.

Fique atualizado

Receba um conteúdo exclusivo da CWK diretamente no seu e-mail.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das novidades CWK