Voltar

MEI (Microempreendedor Individual) – o que é e para quem se destina?

Imagine que você tem um pequeno negócio, seja qual ramo for, e sempre tocou por conta própnfria, sem registros e sem benefícios e obrigações a cumprir. Sempre fez tudo com sua própria organização, sem qualquer registro. Mas, em um determinado momento, precisou comprovar sua renda anual, ou emitir uma Nota Fiscal para um cliente. E agora?

Bom, para essas e outras necessidades, que todo pequeno empreendedor tem de lidar, é que surgiu o MEI (Microempreendedor Individual) – um programa que legaliza pessoas que trabalham por conta própria. Você certamente já deve ter ouvido falar dessa sigla, ainda mais se veio até este conteúdo.

Quem pode ter o MEI?

Qualquer pessoa que tenha um negócio próprio, e que se adeque a estas características, pode ser um Microempreendedor Individual:

  • Ganhar menos do que R$ 60 mil ao ano
  • Não ser sócio de outra empresa
  • Ter no máximo um funcionário com salário mínimo ou piso da categoria

E se você está se perguntando: “quais as vantagens de ser um Microempreendedor Individual?”, veja algumas:

Cobertura Previdenciária
Menor custo com funcionário
Sem taxas de registro

Acesso a Serviços Bancários, inclusive Crédito
Compras e Vendas em Conjunto
Menos tributos
Controles Muito Simplificados
Emissão de Alvará pela Internet
Possibilidade de Vender para o Governo
Serviços Gratuitos
Apoio técnico do Sebrae
Possibilidade de Crescimento como Empreendedor
Segurança Jurídica

Com o registro como um Microempreendedor Individual, a pessoa passa a ser enquadrada no Simples Nacional,Dollar-Symbol e está isenta aos tributos federais, como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL. O valor para registro é apenas um valor fixo mensal de R$ 40,40 (comércio ou indústria), R$ 44,40 (prestação de serviços) ou R$ 45,40 (comércio e serviços), que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS.

Então, se você que chegou até este texto, e é um empreendedor por conta própria, vale muito a pena se registrar como MEI. Além das vantagens, você tem a legalização do seu negócio. Veja aqui como sair da informalidade e se tornar um Microempreendedor Individual.

Sabia que um microempreendedor individual tem muitas vantagens ao trabalhar em coworking? Economia, infraestrutura de primeira e localização privilegiada são alguns dos benefícios. Conheça todos aqui.

Temos um e-book para você que quer aprender a criar seu Plano de Negócios da maneira correta para obter sucesso no negócio

BAIXE GRATUITAMENTE AQUI

Gostou? Clique aqui e fale conosco

Bruna Lofego

Bruna Lofego é administradora, formada pela UNA, com 15 anos de experiência em administração de empresas e 12 em empreendedorismo. Cursou especialização em marketing digital na ESPM e pós graduação em Marketing na UNA. Há cinco anos fundou a CWK Coworking, em expansão por todo o Brasil e se especializou na terceirização de serviços operacionais. É autora do Blog da CWK em que aborda a gestão de um espaço de coworking e empreendedorismo em geral.

Veja outros posts do autor

Fique atualizado

Receba um conteúdo exclusivo da CWK diretamente no seu e-mail.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter