Voltar

O endividamento saudável existe?

A palavra “dívida” tem várias conotações negativas. E não é de se espantar. Quando se fala em dívida, logo vem à mente um valor que só aumenta sem previsão de quitação ou juros de se perder de vista. Mas, hoje, estou aqui para dizer a você, empreendedor e dono de um negócio, que existe um endividamento saudável, que ao invés de estar contra você, atua ao seu favor.

O que seria um endividamento saudável?

Se endividar de forma saudável é alavancar o lucro líquido da empresa, mesmo em um endividamento de longo prazo. Portanto, nem toda a dívida é necessariamente uma dívida má. Por exemplo, se a sua empresa tem 10% de lucro líquido, e você conseguir fazer uma dívida para aumentar para 15% o lucro, é uma dívida saudável.

E o pagamento da parcela da dívida?

É muito importante, antes de entrar em uma dívida visando o lucro da empresa, fazer uma análise financeira do fluxo de caixa. Você deve ter a certeza de que seu fluxo de caixa tem capacidade de pagar a parcela da dívida a ser criada. Caso contrário, você terá muitos problemas financeiros na empresa.

Atenção ao endividamento para capital de giro

O endividamento utilizado par ao capital de giro é um perigo para as empresas. Isso porque o dinheiro entrará em um ciclo, e não oferecerá retorno algum. Quando a dívida é necessária para suprir déficits no caixa da empresa, o seu problema poderá ser maior ainda no futuro. Pense que o endividamento saudável é um investimento, e por isso deve ter um retorno.

Onde buscar recursos financeiros?

Obviamente, você deve buscar recursos financeiros onde os juros forem menores. Mas, uma dica é optar por instituições financeiras públicas, que costumam ter linhas de créditos mais baratas do que as praticadas por instituições privadas.

Dica extra!

O endividamento saudável pode ser completamente indigesto se você não tiver um planejamento. Realize análises, estudos e crie planos para entrar em um endividamento e não prejudicar os negócios com ele. Tenha também muita atenção nos descontos de duplicatas e cheques, que podem levar sua empresa para o “buraco”, porque as taxas de juros são altíssimas e você pode perder o controle dos recebimentos por sempre adiantar valores com o banco.

Resumidamente, planeje, planeje e planeje. Depois, é só aproveitar as oportunidades de melhorar seus lucros de forma saudável e crescer o seu negócio.

Temos um e-book para você que quer aprender a criar seu Plano de Negócios da maneira correta para obter sucesso no negócio

BAIXE GRATUITAMENTE AQUI

Que tal uma consultoria mais aprofundada e específica para o seu negócio? Conheça a CWK Serviços Financeiros.

Gostou?Clique aqui e fale conosco

Fique atualizado

Receba um conteúdo exclusivo da CWK diretamente no seu e-mail.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter